Artigo de Opinião por Óscar Rosas
Um treinador vitorioso é aquele que alcança os objectivos. E o objectivo de PAULO MORIM, técnico do Rio Ave desde a época 15/16 é, obviamente, um só: a manutenção na Liga Sport Zone. E, na época que terminou, conseguiu-o.
Treinador muito experiente, apesar dos seus 50 anos de idade, Paulo Morim é um técnico metódico, dedicado e, sobretudo, muito competente. Sei-o porque, esclareço-o desde já, faço parte da estrutura da equipa.

Nos treinos não descura qualquer pormenor. Desde a preocupação em não deixar nenhum detalhe ao acaso (presenças, material de treino, etc), o que desde logo é revelador da sua maneira de trabalhar, até à forma organizada como planeia a parte técnica da equipa (trabalho de posse, 5x4, cantos e lançamentos laterais, saídas de pressão, etc, são trabalhados ao pormenor) e a associação da parte física à componente técnica do modelo de jogo adoptado, tudo é devidamente pensado e planeado.
E para os jogos analisa, exaustivamente, os adversários, tarefa para o qual conta com a preciosa colaboração do seu adjunto Flávio Pinto, colaborador de 1ª água, extremamente competente e leal, que trabalha as fases de jogo adversárias (ofensivas e defensivas). Após essa análise, PM transmite as suas ideias para cada encontro aos seus atletas com a devida antecedência, poupando-os a indicações tardias. Toda esta dedicação na preparação dos jogos faz com que, em caso de resultados negativos, fique mal disposto, com a ideia que uma parte substancial das derrotas seja culpa sua e que se tivesse tido outras opções o resultado poderia ser outro. Analise então o jogo para verificar que erros foram cometidos para os não repetir.
No banco, sempre de pé, vive de forma intensa todas as ocorrências do jogo. De registar igualmente a forma entusiasta e assertiva como transmite indicações ao grupo, mesmo em situações onde o resultado está feito. É a sua personalidade competitiva e exigente a funcionar.
 Por tudo isto, e também pelo valor dos atletas que trabalham consigo, arrisco dizer que, tal como na época passada, o Rio Ave se irá manter no escalão maior do futsal português, apesar de ter, certamente, o menor orçamento da Liga Sport Zone.

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.