Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

AF Porto goleou, mas AF Braga consegue a vitória mais dilatada até ao momento
E começamos pelos bracarenses que voltou a piorar o recorde da AF Beja que depois de no primeiro dia ter sofrido a maior goleada do dia diante a AF Angra Heroísmo, neste segundo dia piorou o record ao sofrer duas dezenas da AF Braga marcando uma em cada parte.

O primeiro empate do Torneio aconteceu ao segundo dia com a AF Lisboa a deixar-se empatar nos últimos cinco minutos depois de ter estado a vencer por 4-2 diante a sua congénere da AF Leiria.
Depois de ter conquistado ontem a goleada do dia a AF Angra do Heroísmo foi derrotada pela a AF Santarém que se mantém vitoriosa nestes dois dias.
O primeiro adversário da AF Porto, AF Castelo Branco defrontou a AF Ponta Delgada que se estreou ao segundo dia e os açorianos venceram por 2-1 com o tento dos albicastrenses a aparecer a três minutos dos quarenta.
A AF Porto venceu folgadamente a AF Guarda, que já tinha sido goleada no primeiro diante a AF Horta de Paulo Barroso e voltou a não conseguir evitar novamente uma derrota com dois dígitos (11-0) e desta feita nem tento de honra conseguiu, ao intervalo os portuenses já venciam por 7-0.
Tiago Silva conseguiu um póquer ao fazer quatro golos, Carlos Monteiro chegou aos três golos e os restantes quatro golos foram obtidos, Gonçalo Alves, Gonçalo Mota, Tiago Reis e Renato Silva.
O próximo adversário da AF Porto, a AF Viana do Castelo de Pedro Silva perdeu pela segunda vez e depois dos 4-1 no primeiro dia diante a AF Santarém, neste segundo dia perdeu pela margem mínima (2-1) com a AF Aveiro, já a AF Viseu adversário portuense para o último dia foi derrotado por 9-6, diante a AF Algarve que no primeiro dia tinha perdido com a AF Braga por 6-2.
Após o segundo dia há sete seleções que ainda não perderam qualquer ponto, duas delas apenas realizaram um jogo por folgarem divido à ausência da AF Madeira pelo motivo já explicado na rúbrica do primeiro dia e as cinco que conquistaram vitórias nos dois jogos realizados estão a AF Braga, AF Porto, AF Setúbal, AF Santarém e AF Aveiro, no sentido oposto há sete seleções que ainda não conquistaram qualquer ponto, para além dos quatro adversário da AF Porto, estão nesta condição, AF Évora, AF Portalegre e AF Beja.
Ao fim de duas jornadas os números são estes:
Só vitórias: 7

* AF Braga (2 em 2);
* AF PORTO (2 em 2);
* AF Setúbal (2 em 2;
* AF Santarém (2 em 2);
* AF Aveiro (2 em 2);
* AF Coimbra (1 em 1);
* AF Ponta Delgada (1 em 1).
Só derrotas: 7
* AF Castelo Branco;
* AF Viana do Castelo;
* AF Viseu;
* AF Évora;
* AF Portalegre;
* AF Guarda;
* AF Beja.
Os melhores ataques:
1º: AF Braga – 26 golos / Média 13

2º: AF PORTO – 16 golos / Média 8
2º: AF Lisboa – 16 golos / Média 8
2º: AF Angra Heroísmo – 16 golos / Média 8
As melhores defesas:
1º: AF Aveiro – 1 golo / Média 0,5

2º: AF Braga – 2 golos / Média 1
2º: AF PORTO – 2 golos / Média 1
2º: AF Setúbal – 2 golos / Média 1
2º: AF Coimbra – 1 golo / Média 1
2º: AF Ponta Delgada – 1 golo / Média 1
Os piores ataques:
1º: AF Beja – 0 golos / Média 0

2º: AF Portalegre – 2 golos / Média 1
2º: AF Viana do Castelo – 2 golos / Média 1
As piores defesas:
AF Beja – 34 golos / Média 17

2º: AF Guarda – 21 Golos / Média 10,5
3º: AF Viseu – 14 golos / Média 7

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.