Aves e Póvoa terminam o ano ainda mais isolados
Ao vencerem os seus jogos, Aves que esteve quase a ceder novamente pontos após cinco vitórias consecutivas na sua visita ao Mogadouro, e Póvoa Futsal que “vingou-se” da derrota na estreia diante o seu público diante o ADC Gualtar/Meltino vencendo em Braga, aumentando a vantagem para o terceiro classificado que é agora o ADC S. Mateus, que com a vitória em Vila Pouca de Aguiar deu para ultrapassar a equipa de José Vasconcelos.

CD Aves/VIA sentiu algumas dificuldades em Mogadouro, chegando à vantagem por Vitó aos sete minutos num golo de calcanhar, mas antes do intervalo a equipa da casa chega ao empate. Na segunda parte o Aves já dentro dos últimos dez minutos chega a uma vantagem de dois golos e o Mogadouro num esforço final e a jogar com o guarda-redes avançados ainda consegue reduzir mas ficou por aqui.
Pelo CD Aves/VIA marcou Vitó por duas vezes e Ismael e pelo Académico de Mogadouro Nelson Moreira bisou.
Ainda sobre a deslocação a Mogadouro os avenses lamentam o tratamento que foram sujeitos no final do jogo, onde não havia água quente para o banho.
Com mais esta conquista o CD Aves/VIA lidera isola com um ponto de vantagem sobre o Póvoa Futsal, já o C. Académico de Mogadouro desceu uma posição para sexto sendo ultrapassado pela ADC Nogueiró e Tenões.
Quanto ao Póvoa Futsal C. deslocou-se a um pavilhão para defrontar a única equipa que a tinha derrotado, o ADC Gualtar/Meltino, e começou bem chegando ao intervalo a vencer por dois golos sem resposta, na segunda parte ainda chega ao terceiro com a equipa da casa a reduzir. A equipa poveira esteve quase sempre por cima e chega ao quarto golo e já nos instantes finais os bracarenses minimizam o resultado na sequência de um pontapé livre da marca dos dez metros já nos instantes finais da partida.
Pelo Póvoa Futsal marcaram, Serginho, Paulinho Rocha, Pirata e Sérgio Carvalho e pelos bracarenses, marcaram Pedro Henriques e Tiago Ribeiro.
Para Miguel Marinho era um jogo, “muito importante para os objectivos traçados pelas duas equipas, a diferença pontual de nove pontos, dava-nos algum conforto mas mais uma vez respeitamos o adversário e na minha opinião arrancamos uma das melhores exibições, e arrisco a dizer que só ao nível das grandes equipas”, e para fazer dar razão à sua expressão disse, “Entramos com um futsal atractivo, dinâmico e muito organizado, chegamos ao intervalo a vencer por apenas por dois golos, fizemos um jogo sério e o resultado final de 2-4, peca apenas por escasso, pois o que fizemos merecíamos mais, enviamos quatro bolas aos ferros e houve um lance de difícil julgamento mas que a decisão arbitral não indicou golo, o caudal ofensivo foi tão grande que os nossos atletas mereciam mais, mas o mais importante eram os três pontos e esses foram conquistados”, e termina com um desejo a todos aqueles que nos acompanham, “termino a desejar a todos uma excelente Época Natalícia e para o ano cá estaremos”.
O ADC S. Mateus também sofreu, mas os minutos iniciais não o faziam prever pois chegaram com alguma facilidade aos 0-3, no entanto a reacção da equipa da casa não se fez esperar e reduziram para a diferença mínima e até ao intervalo mais um golo para cada equipa. Na segunda parte emoção nos instantes finais, com a Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar a empatar a partida a quatro e a três minutos dos quarenta os famalicenses alcançam o golo da vitória.
Pelo ADC S. Mateus marcaram, André Pessoa, Pedro Ferreira, Vítor Couto, Rui Rego e Marco Martins marcou na própria baliza, para os aguiarenses Marco Martins bisou, e os outros dois golos foram de autoria de Fábio Rodrigues e Raphael Lenaerts.
Com esta vitória o ADC S. Mateus ascendeu à terceira posição ultrapassando o ADC Gualtar/Meltino, estando agora a dez pontos do Póvoa Futsal e com uma vantagem de dois pontos sobre os bracarenses. Quanto à Casa do SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar desceu para a última posição e fica agora a dois pontos do FC Piratas de Creixomil que regressou às vitórias.
Num jogo que se contava equilibrado, o ADC Nogueiró e Tenões arrancou a goleada não só da jornada como uma das maiores do campeonato ao vencer por 9-1 o GD Macedense. A equipa nogueirense entrou no jogo a marcar, mas viria a sofrer o empate a meio da primeira parte, a partir daí só deu equipa da casa e foi para o intervalo a vercer por 3-1. Na segunda parte com dois golos no primeiro minuto desnorteou a equipa de Macedo de Cavaleiros e até ao final foi gerir e ampliar a vantagem. Pelos bracarenses marcou Sérgio Gonçalves e bisaram, Rui Gomes, Marco Mendes, Luís Resende e Carlos Martins, pelo Macedense marcou Luís Barroso.
ADC Nogueiró e Tenões passaram de sétimo para quinto estando apenas a dois pontos do quarto classificado e a quatro do terceiro, quanto ao GD Macedense manteve-se na oitava posição.
Num jogo que contava-mos que pende-se para o Valpaços e que por esse motivo podia ser um dos vencedores, afinal foram os mais perdedores já que perderam diante o Piratas Creixomil que assim travaram uma série negativa de sete derrotas consecutivas. 
Com um empate a uma bola ao intervalo, tendo os Piratas aberto o marcador aos cinco minutos e consentido o empate a quatro minutos do intervalo, na segunda parte a equipa da casa fez dois golos com o último a acontecer a três minutos dos quarenta.
Pelo Piratas de Creixomil, Vítor Ribeiro bisou e Tiago Freitas fechou a conta, para o Valpaços o autor do único tento foi por intermédio de José Rocha.
Com esta vitória, Piratas de Creixomil deixam a última posição ultrapassando e relegando para a última posição a Casa do SL Benfica de VIla Pouca de Aguiar e fica apenas a dois pontos do Macedense e do seu adversário de jogo.
O Campeonato regressa só a sete de janeiro, no próximo fim-de-semana haverá a terceira eliminatória da Taça de Portugal onde ainda estão quatro equipas desta série e todas elas jogam fora de portas, Valpaços deslocasse a Matosinhos para defrontar a AR Freixieiro, o líder CD Aves/VIA tem uma viagem até Viseu para defrontar a equipa local, ADC S. Mateus vem à Maia mais precisamente ao Formigueiro para defrontar o Arsenal C. Parada e por fim o ADC Nogueiró e Tenões viaja até à Régua para defrontar a A. Amigos Abeira Douro. 
Festas felizes...