CD Aves perde oportunidade de discutir a liderança na próxima jornada
O Póvoa Futsal cimentou ainda mais a liderança ao vencer em Guimarães o Piratas de Creixomil e libertou-se de alguma pressão para o jogo grande da próxima jornada porque o CD Aves/VIA perdeu em casa diante o ADC S. Mateus e viu aumentar o distanciamento para o líder para quatro pontos e seja qual for o resultado na próxima jornada o Póvoa Futsal sairá do mesmo sempre como líder isolado.

Já o ADC S. Mateus com esta vitória aproxima-se do seu adversário de jogo e está apenas a seis pontos e sabe que poderá ficar a três caso os resultados assim o permitam.
Destaque para o regresso às vitórias após cinco jornadas sem ter conquistado os três pontos do ADC Gualter/Meltino que conseguiu sacudir a insucesso dos últimos jogos e venceu em casa o ADC Nogueiró e Tenões que no dérbi bracarense tentaram roubar a quarta posição aos comandados de José Vasconcelos.
Um dos vencedores da jornada foi o GD Macedense que foi a Vila Pouca de Aguiar vencer os benfiquistas locais e aproveitou para subir uma posição na tabela classificativa em conjunto com o Valpaços FC que derrotou o CA Mogadouro em casa destes e o relegaram da sexta para a oitava posição.

FC Piratas Creixomil Vs Póvoa Futsal C.: Apesar de nos confrontos anteriores ser favorável aos visitados, o Piratas de Creixomil já tinha feito a vida cara ao Póvoa Futsal na sua casa na época passada e nesta jornada os poveiros viram-se e desejaram-se para sair com os três pontos de Guimarães, num jogo onde a grande figura foi Serginho autor de quatro dos sete golos poveiros.
Pelo FC Piratas de Creixomil marcaram, Vítor Ribeiro (9’), Micael Magalhães (12’), Rui Fernandes (19’ e 36’) e Tiago Freitas (24’ e 29’), os autores dos golos do Póvoa Futsal Clube foram, Ricardo Fernandes (3’), Sérgio Azevedo (16’, 33’, 35’ e 35’), Tiago Santos (25’) e Daniel Moreira (26’).
Marcha do Marcador: 0-1; 2-1; 2-2; 4-2; 4-4; 5-4; 5-7 e 6-7.
Para Miguel Marinho da equipa técnica do Póvoa Futsal, fala primeiro das dificuldades que contavam ter, “era um jogo que esperávamos dificuldades, mas não tantas como as acabou por acontecer”, e elogia o Piratas, “os visitados apresentaram-se muito forte durante todo o jogo, muita juventude com qualidade e muita vontade de contrariar o nosso jogo”, para dizer que no jogo, “tivemos de arregaçar as mangas e trabalhar muito para conquistar os três pontos, fica assim demonstrado que, o haver favoritos nem sempre é verdade na prática”, considerando que apesar das alterações do resultado, “acabamos por vencer bem mas também digo, pelo que o Piratas de Creixomil produziu e nos dificultou, se houvesse empate também seria facilmente justificado”, e faz um elogio ao seu plantel orientado por Joaquim Augusto e Miguel Marinho, “Nós (equipa técnica) temos um orgulho enorme nestes jogadores porque mais uma vez demonstraram uma união, uma vontade e uma raça que não está ao nível de qualquer um”, para terminar a sua intervenção sobre o jogo falando na classificação que ocupam, “Estamos no primeiro lugar, mas prometemos estar neste campeonato sempre da mesma forma, com o mesmo querer desde o primeiro jogo até ao último, humildes e conscientes das dificuldades que vão aparecendo”.

CD Aves/VIA Vs ADC S. Mateus: Mais uma vez o Aves entrou no jogo com uma vantagem de dois golos e tal como acontecera na jornada anterior, voltou a não a aproveitar essa vantagem e pior permitiram a “remontada”, num jogo tendo em conta o resultado com contornos semelhantes ao da jornada anterior, só que nesta jornada depois de alcançarem o empate depois da remontada dos famalicenses, permitiram que os mesmos chegassem de novo à vantagem.
Pelo CD Aves/Via marcaram, José Miranda (5’) e Paulo Rodrigues (8’ e 34’) pelo ADC S. Mateus, marcaram, João Fernandes (26’), Pedro Ferreira (29’) e Paulo Andrade (33’ e 37’).
Marcha do Marcador: 2-0; 2-3; 3-3 e 3-4.

ADC Gualtar-Meltino Vs ADC Nogueiró e Tenões: Regresso do Gualtar às vitórias num jogo que só ficou resolvido no último minuto da partida. A equipa da casa consegue vantagem no marcador mas o intervalo chega com um empate a uma bola, na segunda parte os gualtarenses chegam a uma vantagem de dois golos mas a cinco minutos doo final permitem o empate em pouco mais de um minutos, mas os deuses da “sorte” estiveram com a equipa de José Vasconcelos que chegam novamente à vantagem beneficiando de um auto golo de Rui Gomes para no último minuto fecharem as contas do encontro.
Pelo ADC Gualtar-Meltino marcaram, Mário Barbosa (5’ e 28’), Frederico Torres (23’ e 39’) e Rui Gomes na própria baliza (36’), pelo ADC Nogueiró e Tenões marcaram, Carlos Martins (12’), e Tiago Correira (34’ e 35’).
Marcha do Marcador: 1-0; 1-1; 3-1, 3-3 e 5-3.

Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar Vs GD Macedense: E vão cinco derrotas consecutivas para os benfiquista aguiarenses, que na receção ao Macedense não conseguiram fazer valer o factor casa, mas até começou bem com um golo no minuto inaugural, mas pouco depois permitiu o empate, ainda não tínhamos chegado a meio da primeiro parte e voltavam para a frente do marcador mas pouco depois sofreram de novo o empate resultado que se chegou ao intervalo. Na segunda parte os visitantes foram mais certeiros e pouco depois do reatamento da partida colocavam-se em vantagem e a meios desta etapa complementar, ampliavam a vantagem, os homens da casa ainda reagiram reduzindo a desvantagem, mas no último minuto o Macedense coloca um ponto final no encontro.
Pela Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar marcaram, Nuno Fonseca (1’), Marco Marco Martins (9’) e Luís Rodrigues (38’) e pelo GD Macedense marcaram, João Ferreira (3’), Ivo Mota (11’), Nuno Padilha (23’) e Ricardo Simão (32’ e 39’).
Marcha do Marcador: 1-0; 1-1; 2-1; 2-2; 2-4; 3-4 e 3-5.

C. Académico Mogadouro Vs Valpaços Futsal C.: Foi jogo onde o resultado foi mais desnivelado da jornada, mas nem por isso os valpacenses que estão a recuperar na tabela classificativa, deixaram de sentir dificuldades perante uma equipa em sentido contrário e chegaram ao intervalo em desvantagem por 2-1 depois de terem recuperado da primeira desvantagem.
Na segunda parte o Valpaços conseguiu pela primeira vez passar para a frente do marcador e a meio da segunda parte já tinha uma vantagem de dois golos, mas o melhor estava para vir nos dois últimos minutos de jogo, o Mogadouro reduz a desvantagem mas logo a seguir permite dois golos e termina com a resistência da equipa da casa em querer alcançar outro resultado.
Pelo C. Académico Mogadouro marcaram, Luís Mendes (7’) e Simão Fernandes (15’ e 38’) e pelo Valpaços Futsal C marcaram, Luís Gomes (10’), Filipe Branca (21’), Eduardo Valadares (28’), Antucho Espinhosa (30’), Bruno Ferreira (38’) e Domingos Pereira (39’).
Marcha do Marcador: 1-0; 1-1; 2-1; 2-4; 3-4; 3-6.

Jogo grande na próxima jornada (14ª Jornada)
Numa jornada quase toda ela jogada no sábado apenas o jogo grande entre Póvoa Futsal C. e CD Aves/VIA se joga no domingo e é certamente um jogo de tripla, apesar do Aves andar arredado das vitórias neste novo ano de 2017.
Miguel Marinho faz assim a sua antevisão ao grande jogo marcado para as 18h00, considerando que irão jogar diante de uma, “das melhores equipas desta série (CD Aves/VIA) e por isso com certeza que quem se deslocar ao Municipal da Póvoa de Varzim não vai dar o tempo como perdido”, e faz um apelo à comparência dos adeptos do futsal, “Espera-se um grande jogo de futsal, queremos ajudar no crescimento da nossa modalidade e só é possível se todos ajudarem”.
O ADC S. Mateus recebe o Valpaços FC e certamente quererá vencer para no domingo estarem nas bancadas do Municipal da Póvoa a ver o grande jogo da jornada e esperando que o CD Aves ou as duas equipas percam pontos, mas não se pode descuidar, pois recebe uma equipa que está em crescendo de forma e poderá surpreender em qualquer pavilhão.
O ADC Gualtar-Meltino joga novamente em casa e recebe uma equipa à procura do que já de bom fez neste campeonato o CA Mogadouro, mas apesar da incerteza da equipa bracarense pensamos que conseguira a segunda vitória consecutiva que já não acontece desde a terceira jornada, quanto ao Mogadouro irá tentar quebrar a série de quatro derrotas consecutivas pois já não vence desde a nona jornada onde venceram em casa do FC Piratas de Creixomil.
Depois da derrota na visita ao Galtar o ADC Nogueiró e Tenões recebe o último classificado Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar e vai certamente regressar às vitória apesar dos aguiarenses de um momento para o outro poder fazer uma gracinha.
Depois da goleada sofrida na décima primeira jornada na visita ao Nogueiró e Tenões o GD Macedense tem vindo a provar nas duas ultimas jornadas que foi um acidente de percurso e na receção ao FC Piratas de Creixomil terá apenas o factor casa como vantagem, pois os vimarenenses apesar de nas duas últimas jornadas terem sido derrotados, vendeu caro as mesmas, diante duas equipas que lutam para chegarem à segunda fase de apuramento para a fase de Campeão, como são o caso do ADC S. Mateus e Póvoa Futsal.
Por isto apesar da confiança que se vive no Macedense não nos podemos fiar e achar que serão favas contadas diante uma equipa que vem de duas derrotas mas com exibições convincentes, por isso é jogo de tripla.

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.