Póvoa Futsal e CD Aves empatam para a segunda fase
No jogo entre equipas filiadas na AF Porto, Póvoa Futsal C. e CD Aves voltaram a empatar agora a uma bola (na primeira volta empate a duas bolas) e com este empate continuam entre os melhores para a disputa da 2ª Fase que dará acesso à terceira fase de Campeão.

No entanto o CD Aves nestas quatro últimas jornadas não se pode descuidar muito, pois entre as seis equipas que ocupam a segunda posição está em quarto sabendo que apenas o pior sexto não avança para a segunda fase e a consequente permanência na 2ª Divisão Nacional e pior do que eles apenas CD Fátima e AMSAC que são as únicas duas equipas que em média estão abaixo dos dois pontos conquistados por jogo.
Nesta jornada não alterações na tabela classificativa apenas aproximações pontuais entre posições classificativas como foi o caso FC Piratas de Creixomil que foi a única equipa que jogava contra uma equipa acima de si na tabela e venceu e por isso apenas ficou a um ponto da oitava posição deixando a Casa do SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar mais só na última posição.
Quem também encurtou espaço foi o ADC S. Mateus que ganhou mais dois pontos ao atraso em relação ao CD Aves/Via, mas não será fácil alcançar os avenses pois necessitam de vencer todos os jogos e esperar que nos quatro jogos que faltam, o Aves perder um e empatar outro, mas mesmo que estas contas fossem uma realidade pode não chegar para ficar entre o cinco melhores segundos.
Póvoa Futsal C. Vs CD Aves/VIA: 1-1
Num jogo que se contava equilibrado tal como acontecera na primeira volta na Vila das Aves, segundo Miguel Marinho da equipa técnica dos poveiros, “foi um jogo muito táctico, pois o empate mantinha as distâncias e por sua vez o Aves mantinha uma distância considerável para o terceiro classificado”, e considerou haver muito, “equilíbrio durante os quarenta minutos e nenhuma das equipas merecia perder este jogo”, mas apesar do jogo táctico e equilibrado diz que jogaram as duas melhores equipas da Série e que, “proporcionaram uma excelente final de tarde de futsal”, e disse ainda que a, “modalidade ficou a ganhar com esta entrega e atitude de todos os intervenientes”, e finaliza com um agradecimento ao, “público que voltou a aderir e apoiaram correctamente as equipas”.
Relativamente ao jogo, ao intervalo havia um nulo com o CD Aves por intermédio de Alex a abrir o marcador seis minutos após o reatamento da partida e cinco minutos depois Tiago Santos faz o empate e o resultado final.
O Póvoa Futsal já vai no décimo segundo jogo sem perder e com este empate terminou uma série de oito vitórias consecutivas, quanto ao CD Aves regressou aos pontos, mas já não vence há três jogos.
Com este empate o Póvoa Futsal C. manteve-se a quatro pontos do CD Aves/VIA e estes viram a aproximação do ADC S. Mateus encurtando a distância em dois pontos estando agora com quatro pontos de vantagem.
Marcha do Marcador: 0-1 e 1-1.

ADC S. Mateus Vs Valpaços Futsal C: 4-0
Os famalicenses mantêm-se na crista da onda mas apesar do resultado desnivelado a materialização dos golos só aconteceu à entrada dos dez minutos finais, Tendo Tiago Neves aberto o marcador, para a cinco minutos dos quarenta André Pessoa a ampliar a vantagem e nos últimos cinco minutos Rui Rego bisou que deu cor a um resultado que durante quase meia hora não foi colorido.
Os famalicenses já vão em sete jogos consecutivos sem perder, estando agora numa série de cinco vitórias consecutivas, quanto ao Valpaços Futsal C. regressa às derrotas após dois jogos a pontuar com uma vitória e um empate.
Com esta vitória o ADC S. Mateus aproximou-se do CD Aves/VIA que permitem ainda sonhar com a segunda fase.
Marcha do Marcador: 4-0.
ADC Gualtar-Meltino Vs CA Mogadouro: 4-0
Os bracaranses cobraram com juros a derrota na primeira volta em casa do Mogadouro, vencendo por quatro golos sem resposta com golos de Frederico Torres, Rui Carvalho, Fábio Almeida e Rui Carvalho. Ao intervalo a equipa de José Vasconcelos já vencia por 2-0.
Com este jogo o ADC Gualtar-Meltino alcanço a segunda vitória consecutiva e já vai a três jogos sem perder, quanto ao CA Mogadouro continua a série negra e já vai em cinco derrotas consecutivas.
Com esta vitória os bracarenses mantêm as distancias tanto para o terceiro classificado e para o quinto, quanto aos mogadourenses viram a perigar a oitava posição com a aproximação do FC Piratas de Creixomil.
Marcha do Marcador: 4-0.
GD Macedense Vs FC Piratas de Creixomil: 2-9
Nem o factor casa valeu ao Macedense perante o Piratas de Creixomil que demonstra melhorias nas últimas jornadas, um resultado desequilibrado e ao intervalo já perdiam por 0-3, na segunda parte apesar da resposta o Macedense não teve argumentos para o bom momento de forma da equipa visitada onde teve em Vítor Ribeiro uma seta apontada à baliza contrária, marcando cinco dos nove golos com que brindaram os visitados.
Para além dos cinco golos de Vítor Ribeiro, pelo Piratas de Creixomil marcaram ainda, Pedro Ferreira, Rui Fernandes, Micael Magalhães e Rui Mendes, pelo Macedense os autores dos golos foram Ricardo Simão e Nuno Esteves.
Com este jogo o macedense regressa às derrotas após dois jogos a conquistar pontos (um empate e uma derrota), já o Piratas regressa às vitórias após duas derrotas com dois candidatos à segunda fase da prova.
Apesar da derrota o Macedenses continua sétimo classificado não perdendo pontos para o sexto classificado nem para o oitavo, quanto ao Piratas manteve a nona posição mas agora apenas a um ponto do lugar acima.
Marcha do Marcador: 0-6; 1-6; 1-7; 2-7 e 2-9.
ADC Nogueiró e Tenões Vs Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar: 13-2
Era favorito à vitória e não deixou fugir este favoritismo, só não se contava com uma goleadas que é até ao momento a maior da Série. 
Os visitados até inauguraram o marcador mas no fim dos primeiros vinte minutos já havia goleada (8-2). Na segunda parte foi gerir o resultado e nos últimos dez minutos a equipa da casa marcou por mais cinco vezes.
Pelos bracarenses marcaram, Diogo Dias com três golos à sua conta, bisaram, Tiago Carvalho, Marco Mendes e Sérgio Gonçalves, e com um golo Rui Dias, Renato Bonjardim, João Pereira e obtiveram um auto-golo por Marco Martins, pelos benfiquistas os autores foram Rafael Gonçalves e David Carvalho.
ADC Nogueiró e Tenões regressou às vitórias e vai para a quinta vitória consecutiva em casa, quanto à Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar, vai para a sexta vitória consecutiva.
Marcha do Marcador: 0-1; 6-1; 6-2 e 13-2.

PRÓXIMA JORNADA – 15ª – 28/01/2017 (Resultado da 1ª Volta)
Valpaços Futsal C. [4º] Vs [1º] Póvoa Futsal C.: 4-6
O Valpaços recebe o líder e o não conseguir os três pontos há quatro jornadas não ajuda em nada a confiança da equipa, no entanto em casa não perde desde a quinta jornada e nos quatro jogos seguintes em casa empatou com o ADC Gualtar e CD Aves, será que não há duas sem três, no entanto o favoritismo e a obrigação de vencer é do Póvoa Futsal.
CD Aves/VIA [2º] Vs [7º] GD Macedense: 6-2
Os avenses recebem uma equipa ferida no orgulho com a derrota sofrida em casa diante uma equipa que esta numa posição inferior na tabela classificativa, mas o empate na Póvoa na jornada anterior deram à equipa de Hugo Oliveira a confiança que se estava a perder com os resultados das últimas duas jornadas e o favoritismo na vitória vai para a equipa da casa.
CA Mogadouro [8º] Vs [3º] ADC S. Mateus: 3-8
OS mogadourenses recebem a equipa sensação da Série “A” que vem motivada com as cinco vitórias consecutivas e pelo momento das duas equipas e os famalicenses não quererão entregar já esta jornada o ouro ao CD Aves, é natural que consiga uma vitória, mas tanto o Aves como o Póvoa passaram por dificuldades para vencer os seus jogos e o Gualtar saiu derrotado, ou seja parece ser uma equipa que em casa se galvaniza perante o seu público.
Casa SL Benfica de Vila Pouca de Aguiar [10º] Vs [4º] ADC Gualtar-Meltino: 2-2
Numa situação normal o ADC Gualtar-Meltino vai igualar a sua melhor série no campeonato que decorreu entre a primeira e a quarta jornada que conseguiu um empate e três vitórias e neste momento está com um empate e duas vitórias e a não ser que aconteça uma surpresa como aconteceu na primeira volta onde estas duas equipas empataram a dois, os aguiarenses continuarão apenas com uma vitória em casa e os bracarenses empatarão a sua melhor série.
FC Piratas de Creixomil [9º] Vs [5º] ADC Nogueiró e Tenões: 1-6
Eis o jogo mais emotivo da jornada, aquele que à partida será o jogo que mais equilíbrio terá, se olhássemos para a classificação daríamos o favoritismo aos visitantes, mas olhando para o momento das equipas o favoritismo será repartido e não deverá acontecer o resultado desequilibrado que aconteceu na primeira volta.


Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.