Clube desiste do Campeonato após caso de violência na 23ª Jornada
Foi um caso comentado e os clubes reagiram com comunicados, mas a direcção do Mocidade Invicta FC, para além de reagir, actuou.

A direcção do clube portuense, decidiu interromper o escalão após os actos de violência que decorreram no passado domingo diante o jogo com o ADC Santa Isabel que não chegara ao seu fim, tendo sido interrompido a um minuto do fim após actos de violência dentro e fora do campo.
Com esta decisão todos os jogos que o Mocidade Invicta realizou nesta segunda volta, serão anulados e os que faltam realizar não serão jogados.
O clube portuense passa assim para a última posição sem qualquer ponto apesar de os clubes que jogaram com eles na primeira volta mantenham os pontos conquistados.
Com esta desistência os clubes que conquistaram pontos ao Mocidade Invicta FC nesta segunda volta, serão retirados e por isso a classificação se alterou um pouco.
Mocidade Invicta FC ocupava a décima quarta posição, apenas à frente de dois clubes que assim sobem uma posição, no topo os quatro primeiros mantiveram os pontos, o Barranha SC que ocupava a quinta posição em igualdade pontual com ADC Santa Isabel, perdeu os três pontos da vitória e desceu para a sexta posição com trinta e seis pontos, outra equipa que perdeu com a desistência foi o Arsenal Clube Parada que desceu duas posições, de sétimo para nono sendo ultrapassado por Alfa Académico Clube e SC Arcozelo, e o Amanhã da Criança ficou agora a um ponto do nono classificado, outro clube bem penalizado embora mantenha a décima terceira posição foi o Jaca FC que ficou agora a cinco pontos do clube acima de si, o ADCR Junqueira FC.

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.