Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

Resultados mais equilibrados, todas as equipas já marcaram golos e apenas uma ainda não sofreu
Sábado à tarde CD Aves recebeu e venceu o FC S. Romão, mantendo-se no topo da classificação. As duas equipas apresentaram-se fortes e com vontade de vencer nesta tarde de sábado.

No fim, a quantidade e profundidade do plantel Avense fez a diferença e garantiu-lhes a vitória na segunda parte.
O jogo começou equilibrado, com as duas equipas muito fortes a encaixarem muito bem uma na outra. O Aves entrou mais forte ao aproveitar uma falha defensiva da equipa visitante e fazer um 1-0 aos três minutos por intermédio do seu número 13 que finaliza ao primeiro poste após o canto. O jogo prosseguiu equilibrado com oportunidades de parte a parte, mas o S. Romão foi crescendo e conseguiu empatar aos dezassete minutos por intermédio de Tomás, num contra-ataque fulminante após uma excelente recuperação de bola. 1-1 ao intervalo não fazia antever a goleada a que se assistiu.
Na segunda parte o Aves entrou decidido a resolver o jogo e aproveitou bem da pouca capacidade de rotatividade da equipa visitante, que começou a acusar o cansaço. Cinco minutos de jogo sai o 2-1 numa jogada de insistência, numa fase do jogo em que o CD Aves mandava totalmente no jogo, com o seu número 13 a bisar isolado no centro do terreno. Dez minutos depois, numa altura em que o FC S. Romão tentava empatar o jogo e conseguia algumas oportunidades, uma perda de bola do seu número 10, um sinal evidente do cansaço que já se fazia sentir, o número 5 da equipa da casa isolado não desperdiça. Após este golo a equipa visitante poucas mais oportunidades teve e a pressão da equipa da casa aproveitou o cansaço visitante fazendo mais quatro golos, todos eles após perdas de bola, sinais evidentes do cansaço dos atletas de S. Romão que não conseguiram aguentar o elevado ritmo de jogo durante 50 minutos. Um resultado demasiado alargado para o valor de ambas as equipas, mas que acaba por mostrar a razão de poderem ir 12 a jogo e não apenas 5/6. Ainda assim muito bons indícios da equipa visitante para o resto do campeonato.
Logo de seguida o, na altura, segundo classificado, Maia Futsal, “deslocou-se” ao terreno do CD José Lopes. Um dérbi entre duas equipas que jogam no mesmo pavilhão e que se previa com um ambiente muito forte. O jogo em si acabou por ser muito desequilibrado com a equipa “visitante” a dominar por completo esta partida. Com poucos atletas o CD José Lopes demonstrou não estar à altura, neste jogo, e nunca conseguiu verdadeiramente causar dores de cabeça à equipa do Maia Futsal. Sete golos sem resposta na primeira parte dos visitantes poucas esperanças deixavam aos adeptos do José Lopes de recuperação. Ainda assim os meninos da casa foram à luta e tentaram, não tendo sucedido e tendo sofrido mais seis golos na segunda parte. O golo de honra surgiu aos dezasseis minutos de jogo através da conversão de um dos muitos contra-ataques que a equipa da casa teve nesta altura do jogo (a sua melhor fase). 1-13 resultado final confirma a veia goleadora da equipa do Maia Futsal, e o seu favoritismo para a conquista do titulo desta série. Ficam os comentários do treinador do CD José Lopes:
“Sobre o jogo com o maia futsal, foi um jogo muito desequilibrado, "uma equipa que não é do nosso campeonato", tentamos aguentar sem sofrer golos, mas foi inevitável.
A segunda parte podíamos ter finalizado melhor e aumentar um pouco o nosso registo de golos.”
Domingo de manhã, dois dos últimos classificados encontraram-se e mostraram que ambos pretendiam levar pontos deste jogo. Naquele que foi talvez o jogo mais equilibrado deste campeonato, ADR S. Pedro de Fins recebeu o GCR Ardegães com dois objetivos em vista, marcar o primeiro golo neste campeonato e conquistar o primeiro ponto (este ultimo objetivo partilhado por ambas as equipas). Se conseguiu o primeiro já não conseguiu o segundo. O 3-4 final deu os primeiros três pontos para o Ardegães, que sobe assim ao oitavo lugar, e permitiu que o S. Pedro de Fins marcasse os três primeiros golos do campeonato.

Logo de seguida, CR Bougado recebeu o C. Académico Pedras Rubras. A equipa da casa, com apenas um ponto conquistado, pretendia aumentar a sua classificação. O Académico de Pedras Rubras pretendia conquistar a sua segunda vitória consecutiva e manter o seu registo de única defesa ainda não batida do campeonato. Um jogo que decorrei com normalidade, em grande parte dominado pela equipa visitante. Uma primeira parte em que não conseguimos salientar nenhum registo de perigo para a baliza defendida pelo atleta André Madureira. Três golos isolados da equipa da casa marcados por Pedro Silva, marcavam o resultado ao intervalo que podia ter sido muito mais alargado se a equipa visitante não tivesse abrandado o ritmo após o primeiro golo. Segunda parte mais do mesmo, apesar de haver mais algumas oportunidades da equipa da casa, facilmente resolvidas pela defensiva visitante, mais três golos marcados por Pedro Silva, Hélder Machado e Pedro Dias, ditaram o 0-6 final, num jogo que fica marcado pelos quatro golos do atleta visitante Pedro Silva. Apesar do desequilíbrio acabou por ser uma boa partida de futsal com uma grande quantidade de fair-play de ambos os lados. Ficam as declarações finais do treinador do CR Bougado e do treinador adjunto do C. Académico Pedras Rubras:
“Um jogo muito pobre da nossa parte, não conseguindo implementar o nosso estilo de jogo muito também por mérito do adversário.
Falta de concentração, de intensidade, não conseguimos ter bola, muitos passes falhados e precipitados.
Estivemos muito abaixo do esperado e tudo isto juntando ao facto de termos encontrado um adversário que joga bem, sabe estar em campo, tem grande capacidade física e técnica e justificou o resultado final.”

“Foi um jogo em que entramos com um ritmo muito baixo de jogo e que apesar de termos aberto o marcador nos primeiros cinco minutos a partir dai o ritmo de jogo caiu abruptamente, e apenas no final da primeira parte voltamos a aumentar a intensidade, o que fez com que a vantagem no marcador se alterasse naturalmente, chegando com uma vantagem segura ao intervalo.
No segundo tempo entramos novamente muito bem, a ampliar a vantagem com a criação de muitas oportunidades no último reduto. Com o resultado assegurado fizemos a gestão necessária da equipa e no fim fica o resultado positivo alcançado e uma exibição segura! 
É já pensar no próximo jogo e na próxima semana de trabalhos! Boa semana a todos”
A fechar a jornada, Juventus Triana FC recebeu e venceu o Gondomar Futsal Clube. Um jogo muito interessante, sempre muito intenso e extremamente equilibrado. Duas equipas que encaixaram muito bem uma na outra e que tornaram este jogo difícil de se desbloquear. No fim, a melhor eficácia fez a diferença. Numa primeira parte equilibradíssima, aos cinco minutos de jogo, um grande remate do meio campo da equipa da casa, obrigou o guarda-redes da equipa do Gondomar Futsal a fazer uma grande defesa, que sobrou para o numero 9 isolado na área que finalizou sem hipótese para o guarda redes visitante. Com oportunidades de parte a parte, muitas delas desperdiçadas por ambas as equipas, o resultado não mais se alterou até ao intervalo.

Na segunda parte, mais uma vez equilibradíssima, apresentou-nos um início muito forte da equipa visitante, procurando empatar o jogo, mas foi, aos onze minutos de jogo que a equipa da Triana “matou” o jogo, com o seu número 10 a recuperar uma bola em frente à baliza adversária, erro defensivo da equipa visitante, que não desperdiçou e fez o 2-0. Há, nesta altura um grande crescimento da equipa gondomarense, que desperdiça um número enorme de oportunidades, mas não mais o resultado se altera. A Triana mantém-se assim no terceiro lugar da tabela classificativa.
Assim se encontra a tabela classificativa ao fim da 3ª jornada, com três jogos em atraso até ao momento:

Na quarta jornada teremos desta vez seis excelentes partidas de futsal
Com cinco dos seis jogos a decorrer no Sábado à tarde, será difícil conseguirmos acompanhar todos eles.

A abrir a jornada, o 4º classificado, Clube Académico de Pedras Rubras recebe o 3º classificado Juventus Triana FC. Separados por apenas 1 ponto (apesar do jogo a menos da equipa da casa), ambas as equipas quererão aproximar-se do topo e vencer este jogo. Será certamente um excelente jogo entre duas excelentes formações.
De seguida, Gondomar Futsal Clube recebe o CD José Lopes. A equipa visitante quererá certamente conquistar os primeiros pontos e irá dar tudo para ultrapassar este difícil adversário.
GCR Ardegães recebe a ASS “o Amanhã da Criança” que joga o seu primeiro jogo neste campeonato, veremos como se encontrará a equipa de Águas Santas e se o Ardegães conseguirá acumular mais alguns pontos.
Arsenal C. Parada recebe o CR Bougado. Separados por dois pontos, um resultado favorável ao Bougado pode significar uma inversão de lugares.
FC S. Romão recene o ADR S. Pedro de Fins que, não tendo ainda qualquer ponto, quererá certamente lutar até ao fim pela vitória neste jogo.
Por fim, no Domingo, aquele que para mim será o jogo da jornada, Maia Futsal Clube, 1º classificado, recebe o CD Aves, 2º classificado, num jogo que promete intensidade, competitividade e certamente muito futsal de qualidade. Para mim haverá dois desfechos possíveis, ou um jogo extremamente equilibrado com poucos golos, ou então uma goleada épica para ambos os lados, no caso de ambas as equipas jogarem bem abertas e procurarem ao máximo o golo, podemos vir a ter mais de 10 golos para cada lado. Veremos o desfecho desta partida a não perder!
Seis excelentes partidas que prometem mais uma semana de excelente futsal, emoções à flor da pele e resultados surpreendentes.
Apareçam nos pavilhões para apoiar as vossas equipas ou simplesmente para assistir a futsal de qualidade pois estes jovens atletas merecem!!
Um grande obrigado a todos os treinadores que contribuíram para este comentário, desejo uma boa semana de treinos a todos e uma excelente 4ª Jornada.
Peço a colaboração de todos os treinadores e diretores que enviem os contactos e comentários a jogos para começar a enriquecer melhor estas análises.

Não sendo eu profissional e apenas colaborando de bom grado para este portal, queria salientar aos diversos leitores e sobretudo aos mais críticos que me limito a fazer as análises de acordo com o meu ponto de vista tendo em conta os jogos que o meu tempo me permite ver e, quando não mo permite, os comentários e descrições dos treinadores que aceitam colaborar. O meu email segue em baixo para me enviarem análises, comentários, fotos, vídeos, sobre qualquer jogo desta série. Obrigado.
E-mail:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Não possuí direitos para inserir comentários

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.