Atleta assume que sai “empurrado”
Na sua página de facebook, o melhor pivô do mundo, diz que não continua no Inter Movistar, clube com o qual venceu três Ligas, duas Taças de Espanha, uma Supertaça e uma Taça do Rei.

Desde 2013/14 em Espanha, o internacional português mostra desconforto ao dizer que só não continua porque segundo o atleta, “como eu não interessava a algumas pessoas do clube desde que cheguei, essas mesmas pessoas não descansaram enquanto não me tiraram do Inter, mas Deus é grande.
Uma dessas pessoas não é dono do clube José Maria Garcia, pois tem palavras elogiosas para com o ele, “por me ter dado a oportunidade de jogar na melhor liga do mundo e num grande clube como é o Inter”, e deixa algumas palavras para Júlio Garcia Mera, “por toda disponibilidade e por me ter ajudado sempre quando precisava”.
Na hora de despedida e nestas duas épocas e meia de Interista ao peito, não se esquece dos seus companheiros, que o “ajudaram a crescer como jogador e como pessoa e a ganhar todos os títulos possíveis em Espanha”, depois de indicar os títulos conquistados, diz, “sem eles tudo isto não seria possível por isso um muito obrigado a todos vou sentir a vossa falta“, mas tem um agradecimento especial a fazer, “ao meu grande amigo e melhor jogador do mundo Ricardinho por tudo que fez por mim nestas duas temporadas e meia, contigo é muito mais fácil”.
A finalizar algumas palavras para os aficionados interistas, que diz ter o apoiado desde o início até ao fim e conclui com, “tenho um enorme carinho por todos vocês e podem querer que ficarão para sempre no meu coração”.
No entanto o Internacional português vai continuar em Espanha ao mais alto nível, pois será jogador do El Pozo Murcia FS, anunciado há minutos no Tweeter do clube espanhol.

 

Futsal Porto Distrital

Copyright © 2016. All Rights Reserved.